23 de mai de 2008

estive pensando.pensei a vida inteira. e não é por isso que os neurônios morrem, de cansaço?
-me ensinou tudo o que sei hoje, me fez quem eu sou. e tudo o que sou, sou por ele.-você é doente?-você é médica?
muito tempo se passava, enquanto estiveram sentadas, pensativas, em suas cadeiras brancas, muito limpas, quase vazias.-eu sou doente?-sou então, uma doutora?-pode cuidar de mim?-quer ser tratado?
mais algumas horas se foram.-a filosofia cura?-se sente melhor agora?-não sei.-então também não responderei sua pergunta.
dormiram juntos naquela noite.-acordou bem?-sim, acho que fui curado.-como pode dizer isso?-realmente, sua medicina é perfeita. minha filosofia está a atrapalhar-lhe a rotina. preciso voltar para ela.-percebo.
ele abriu a porta e foi embora, pensando que cada pessoa é inesquecível e necessária em algum momento, a seu jeito.assim como a medicina perfeita de outra, lá estava em casa, quem lhe curaria toda a doença.como se fosse mágica, por meio de um beijo.
"sorriu a vida inteira com ela."
como se nasce um tesouro?
pegue algo valioso e guarde.faça deste, seu segredo.só seu. só seu, para sempre.esqueça-o, abandone-o.
talvez um dia, você volte a resgata-lo.talvez alguém o encontre, e cuide melhor do que você seria capaz.
tesouros não têm donos.mas os que julgam sê-lo, podem assombrar quem, por assim dizer, tomar o que lhes pertence.
algumas palavras são despejadas, de repente um susto, (é claro, todo susto acontece de repente, se não, não seria um susto) algumas palavras são despejadas de repente, e se transformam em sustos.
você fingiu esse tempo todo, que não viu, que não ouviu.me deixa chuvosa.tudo o que foi escondido, todos os momentos guardados, segredos só nossos.aquele sol, aquela arvore, os mesmos nomes, as mesmas trapaças.quem você deixou para trás hoje? quem estará por aí, amanhã?
me deixam chuvosa. me deixaram sorrindo, por um dia inteiro.mas o sorriso é só meu, ninguém pode vê-lo.e agora eu chovo em cima de você.estou chovendo e ventando, é meio que um abraço.você não sente?
-não!-sim!-errou.-acertei, ganhei.
dela foi a palavra final, e o susto o calou.de repente, a chuva parou.

27 de abr de 2008

can I play with madness?

"..E naquela mesa vazia, com quatro pessoas inteiras, e os copos pela metade, se sentiu completa. Talvez ela só quisesse um gole, a garrafa foi útil, sua única ajuda.
Passados alguns minutos do ocorrido, lá estava ela de novo, sozinha, assustada, como antes da chegada. Sim, ela estava sozinha, e estava cada vez mais forte, mesmo sendo tão fraca(...)

A noite chegou, os dias eram todos feitos de noite. Ela comia e bebia de esperanças. O fato era que agora, uma batalha interna era travada: devia se deixar levar por sua natureza ou continuar acreditanto nos seus ideais de comportamento e caráter? O seu dom para machucar era forte, e o grau da confusão em que se encontrava, era altissímo.
Escutara por aí, que algumas pessoas, são incapazes de serem felizes, mas por outro lado, conseguem sempre o que desejam. Ou seja, o suficiente para satisfaze-las. Ela sempre soube que o mal vem de dentro, e o bem é só um conceito. Entretanto, sempre se pode recusar. Recusar mesmo querendo?


Uma luta diária para resistir aos impulsos.
E quem resiste a vida inteira?"

26 de abr de 2008

Inutilidade sem título ou propósito

Percebi que há muito não posto.
Ou melhor, não desabafo no blog.

Tenho escrito muitas histórias, muitos poemas (?), muitas músicas.
E para falar a verdade, tenho estado longe do mundo.
Viver à parte é legal por um tempo. Depois chegamos em um limite, no qual só há espaço para muitas pessoas.
Estou com saudade da vida, dá para entender?

Sinto saudade de coisas que eu ainda não vivi.

Deixando esse assunto um pouco de lado e retomando ao fato de eu ter escrito bastante, penso em uma forma de públicar minhas histórias aqui mesmo.
São muito grandes, e na internet, um texto grande cansa fácil.
Verei o que fazer.

7 de abr de 2008

Sites legais

Eu nunca soube usar a internet muito bem.
Mas agora, descobrindo tudo o que ela tem a oferecer, fico extasiada!

Tem muitos sites bacanas, e as vezes, eles nem são muito visitados, o que é uma pena.. Para nós!
Dá para conseguir um emprego, achar aquele baterista que estava faltando, a informação que vai mudar seu dia! Tem de tudo na net, basta saber como e onde procurar.

Um dos sites mais legais e bem feitos que eu encontrei foi o limao.com.br
Esse mesmo, o do comercial!
Só para provar como tudo nele é muito bem feito, pesquizado e "com personalidade", vou colocar um video, da Tv Limao: http://int.limao.com.br/mm/tvlimao!getPlayerVideoLimao.action?destaque.idGuidSelect=533B2291DD42469B9D0685E99F469F05


Aconselho a darem uma olhadinha ;)

Aproveitando o assunto, queria deixar nítido o quanto eu acho a comunicação importante, em qualquer uma de suas formas.
É importantissímo saber se comunicar, e não menos importante, saber ENTENDER. E não só para evitarmos os famosos "mal-entendidos"..

Admiro quem consegue passar informações e ao mesmo tempo, sensações. Seja com arte, poemas, falando.. Se eu vejo uma propaganda bem feita, leio um livro bem escrito, aquilo modifica meu dia, e ajuda a construir meu olhar para o mundo.
Nós não vivemos segundo só nossas experiências. Não, estamos o tempo todo sentindo e ouvindo o outro, descobrindo coisas por outras mãos, não é mesmo?

Essa é uma das grandes capacidades do homem: poder vivenciar atravéz de algo, descrever e conhecer ao mesmo tempo. Me encanto.
E por muito menos, escreveria mais ainda, sobre isso.

Comunicação! Essa é a base do sucesso.
(Um dia vai dar certo pra mim, com certeza. E confiança!)

-> Otimismo até a morte :D
Beijos